Raindrop: Pagan Poetry

Sentidos

by on dez.25, 2010, under Textos

Passos.

O silêncio absoluto foi quebrado. O ruído distante a princípio se aproximava cada vez mais, assustando os espíritos que estavam ali repousando a eternidades e fazendo com que, confusos, esbarrassem seus corpos imateriais uns nos outros.

Luz.

A escuridão absoluta foi quebrada. Mais chocante que o estalo dos velhos dijuntores foram os holofotes serem impalados pela corrente elétrica e gritarem com todas suas forças a claridade que estava engasgada em seus corpos vítreos.

Dor.

As sensações haviam se tornado tão aliens que fizeram com que o corpo inteiro estremessesse. Sentir havia se tornado tão alien que não conseguia distinguir o que era seu corpo e o que era a cela escura e silenciosa. E naquele momento sentiu tudo, dento de si mesmo, sensações vindas de uma agulha espetada por fora.

Com um grito as grades se quebraram; com um grito lembrou-se que tinha voz; com um grito percebeu que ainda existia.

:,
No comments for this entry yet...

Comments are closed.

Encontre